4 dicas sobre como alugar um imóvel por temporada com segurança
Inovação

4 dicas sobre como alugar um imóvel por temporada com segurança

Quem optou por aumentar a renda investindo em locação temporária deve atentar em certos detalhes muito importantes. Caso contrário, poderá ter diversos incômodos e até prejuízos causados por pessoas mal-intencionadas. É o seu caso? Então, este artigo foi feito especialmente para você.

Listamos aqui 4 cuidados que você não pode deixar de tomar ao alugar o seu imóvel. Medidas que garantirão que os valores dos aluguéis sejam devidamente recebidos, e que o local será bem preservado. Continue lendo e confira como alugar um imóvel por temporada com segurança!

1. Busque informações sobre os hóspedes

Em primeiro lugar, o ideal é fazer um levantamento sobre os hóspedes antes de fechar negócio. Então, peça o CPF do interessado e verifique se há qualquer inadimplência em seu nome. Para os casos de locação, você pode contar com o Serviço de Proteção do Inquilinato (SPI), que indica se há pendências tanto no que diz respeito a impostos, problemas com inventário ou herança quanto dívidas, prestações em atraso e demais informações.

Essa atitude evita que você alugue a sua propriedade a quem tem dificuldades em cumprir com suas obrigações financeiras. Vale dizer, entretanto, que mesmo que não seja verificada qualquer irregularidade nesse sentido, ainda é importante pedir garantias do pagamento, como veremos no tópico a seguir.

2. Peça garantias de pagamento

aluguel por temporada é regido pela Lei do Inquilinato. Dessa forma, pode-se exigir nele os mesmos tipos de garantias que as locações fixas, tais como fiança, seguro fiança, depósito caução, título de capitalização e fundo de investimento. Vale lembrar, contudo, que apenas uma dessas formas pode ser requerida.

Seja qual for a modalidade, esse tipo de garantia dá maior segurança ao proprietário do imóvel — afinal, mesmo em casos de inadimplência, o valor devido será pago ao dono.

3. Elabore um contrato

contrato de locação por tempo determinado é uma ferramenta jurídica fundamental, pois esclarece os direitos e deveres tanto dos hóspedes quanto do proprietário. Assim, assegura que as normas estabelecidas sejam cumpridas enquanto a estadia durar. Essa também é uma forma de ter acesso aos dados importantes do hóspede, como RG, CPF, dados bancários e comprovante de residência.

Ainda é preciso ter outras informações nesse documento, como prazo de locação, descrição dos móveis e objetos, o que está incluso no valor e as regras de utilização. Por esse motivo, é importante que ele seja elaborado por um profissional com conhecimento, a fim de que as garantias e deveres de ambas as partes sejam resguardadas por um documento válido.

4. Contrate uma empresa especializada

Considerando o que vimos até aqui, contratar uma gestora de locação é a melhor alternativa para alugar um imóvel para temporada com segurança. Essa empresa cuidará de todos os trâmites, como:

  • decoração dos ambientes;
  • análise cadastral;
  • divulgação;
  • manutenção do imóvel;
  • contato com interessados;
  • recepção dos hóspedes;
  • elaboração de contratos.

Só ela proporciona a eficiência operacional e rentabilidade necessários aos proprietários — ao mesmo tempo que oferece uma experiência singular de estadia aos clientes.

Em outras palavras, saber como alugar um imóvel por temporada com segurança é uma especialidade das gestoras de locação. Empresas assim sabem como conduzir a negociação com tranquilidade e experiência, garantindo uma excelente estadia para os hóspedes e bom retorno financeiro para os proprietários. Lembre-se disso!

Então, gostou do nosso artigo? Se ficou interessado em ter mais comodidade, rentabilidade e segurança na locação dos seus imóveis, entre em contato conosco e conheça o que podemos fazer por você!